A Caixa

a caixa_1
Então o Senhor Yahweh levou Abrão para fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas…” Gênesis 15:5aPor vezes vivemos como se estivéssemos presos em uma caixa.    Essa caixa tem lados e cantos idênticos que olhados por nós produzem sempre a mesma sensação: continuidade, mesmice, monotonia, rotina.Os cantos e lados são vistos por nós sempre do mesmo ponto de vista e estão sempre da mesma forma fria e sem mudanças.

A solução para a mudança de vida não consiste em olhar para o interior da caixa, mas observar o que está acima e fora da caixa.

Acima da caixa há uma tampa. Ela não está lá para nos prender à caixa, mas pra nos aguçar a vontade de sair de dentro dela.

Dentro da caixa, há uma falsa segurança promovida pela continuidade que vivemos nela. Fora da caixa, há o desconhecido que por vezes produz medo, entretanto, é somente lá fora que nos encontraremos com a luz das estrelas, com o brilho do sol, a beleza da lua e tudo de bom que a vida proporciona.

Ao abrir a tampa da caixa nos deparamos com a luz que vem do seu exterior e, ofuscados pela luz nos voltamos novamente para dentro da caixa, para dentro do vazio, para dentro do nada.

Ao sairmos da caixa viveremos novas possibilidades de nos encontrarmos, de nos fazermos felizes, para só assim termos condições de fazer os outros felizes.

Neste fim de ano e no próximo, aproveite todas as oportunidades que a vida te entregar, como um presente que servirá para abrir a sua caixa que te aprisiona, e viva a sua vida intensamente.

Se não for da maneira que você quer, que seja da melhor maneira que a vida lhe proporcionar.

Feliz 2012!

Celebre a alegria de sair da caixa e de encontrar-se contigo mesmo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


× quatro = 32