Arquivo por categoria: Poesia

jun 01

Caminhos de uma história

A rua empoeirada marcada pelas pegadas de quem caminha a vida não sabe da verdade que os pés cansados, sofridos, desanimados, carregam as dores sentidas. No caminho da história, caminho da vida de quem caminha buscando rumos, afetos, abraços, formam-se traços marcas de pés que vão e que vem, infinitamente e que de tanto caminhar …

Continue lendo »

dez 30

Amanhã

Quando chega o fim assim depois de tanto tempo, não se deve mais pensar nem por um momento em voltar no passado. Melhor deixar de lado e seguir a vida. O relógio, que na parede enlouquecido, marca, por vezes, sem sentido os tempos e as estações, agora diz que o amanhã virá. Dele, nada saberemos …

Continue lendo »